Imprimir

Arquitetura e instrução pública: a Reforma de 1922, concepção de espaços arquitetônicos e formação dos primeiros grupos escolares no Ceará

Capa do livro Arquitetura e instrução públicaTomando como foco a reforma educacional de 1922 no Ceará, vemos como se deu a criação de espaços escolares, guiados por concepções de arquitetura e pedagogia, que oscilam entre estilos de tradição e modernos. O resultado surpreendente é a delineação de toda uma cartografia de uma rede pública de ensino, que passa do isolamento para o formato de grupos escolares. A história educacional do Ceará republicano recebeu uma contribuição valiosa com o presente trabalho, pois pode agora revelar a cultura escolar e arquitetônica que favoreceu a concepção de instrução pública.

Dados do Livro

AUTORA: Zilsa Maria Pinto Santiago
COLEÇÃO HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO
PÁGINAS: 368
ISBN: 978-85-7282-690-7
ANO: 2017
VALOR: R$ 60,00