Imprimir

Câncer de mama: mulheres que sobreviveram

Capa do livro Câncer de mama: mulheres que sobreviveramA saúde da mulher vem sendo cotidianamente alterada, pois as mulheres acrescentaram aos afazeres domésticos o trabalho remunerado fora do lar e, dessa forma, vêm se expondo ao estresse do cotidiano e, consequentemente, às doenças dele decorrentes.

No Brasil, a partir da década de setenta do século XX, aumentou o interesse pelos estudos sobre a mulher e sua saúde nas mais diferentes dimensões e abordagens, e um dos problemas que abala a mulher em todos os aspectos do seu viver é o câncer de mama. Este, provavelmente, é o mais temido, em razão de sua elevada incidência e, sobretudo, pelo impacto psicológico e social que provoca em decorrência dos medos e tabus que cercam as doenças que se denominam câncer.

A tese defendida pela professora Ana Fátima Carvalho Fernandes e Marli Mamede neste livro demonstra, com clareza, que o câncer de mama que, na maioria dos casos, é incurável, não é apenas mais uma doença. Disso as mulheres têm consciência. Demonstra também, a partir das entrelinhas dos relatos aqui contidos, que o estilo de vida atual no qual a individualidade é buscada em detrimento do convívio social, deve ser repensado. Só assim a cura daqueles que sofrem com câncer de mama ou de outra natureza, pode se dar com mais facilidade e menos sofrimento.

Dados do Livro

AUTORAS:
Ana Fátima Carvalho Fernandes
Marli Villela Mamede
PÁGINAS: 93
ISBN: 85-7282-123-6
ANO: 2003
VALOR: R$ 20,00