Imprimir

Português falado e escrito: o Enem em questão

Capa do livro Português falado e escrito: o Enem em questãoPRODUTO ESGOTADO

O Enem, para além de figurar como instrumento que avalia o ensino médio no Brasil, constitui particularmente nesse livro objeto de estudo e reflexão da professora de linguística e língua portuguesa Katia França, a quem devemos um novo olhar para o sistema educacional e, mais propriamente, para a nossa língua materna.

Português falado e escrito: o Enem em questão enfatiza como a oposição entre o universo da fala, considerada por Saussure como individual e assistemática, e o universo da escrita, tida pelo Estruturalismo como passível de análise e estudo, dado sua natureza coletiva e sistemática, se consubstancia na escola, na medida em que não é dada voz e importância aos excluídos socialmente, destituídos das condições sociais e históricas da produção escrita exigidas pelo exame.

Valendo-se da nomenclatura discurso meritocrático, o Enem avalia de forma discriminatória, segundo a autora, ao privilegiar a norma padrão da língua portuguesa, em detrimento das possibilidades variacionais inerentes ao indivíduo falante. Katia França reforça que as estratégias utilizadas pelo Enem confirmam as estratégias já consagradamente discriminatórias do vestibular tradicional. Assim, a tão pretendida “neutralidade” do exame se configura mais um instrumento de poder “que promove as distinções entre os portadores ou não do capital cultural”, como salienta Bourdieu, um dos teóricos da Sociologia da Educação.

Por meio de entrevistas e da análise de redações produzidas por alunos de uma escola pública maranhense, Katia França descortina o véu da imposição sutil alicerçada pelos parâmetros educacionais que primam pelo uso exclusivo da escrita culta, numa atitude claramente ideológica.

Dados do Livro

AUTORA: Katia Cilene Ferreira França
PÁGINAS: 232
ISBN: 978-85-7282-436-1
ANO: 2011
(VALOR: R$ 25,00)